Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

5 dicas de como bloquear a fraude em boletos

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

A fraude em boletos bancários é um problema sério, que afeta muitos brasileiros nos últimos anos. Os golpistas usam táticas enganosas para induzir as pessoas a pagar boletos falsos ou adulterados. O resultado é um prejuízo financeiro significativo para as vítimas.
 

Conforme o levantamento do Serasa Experian, mais da metade das tentativas de fraude (51,5%) no mês de julho ocorreu no setor de “Bancos e Cartões” (focado na abertura de contas e solicitação de emissão de cartões de crédito), resultando em uma ocorrência a cada 6,6 segundos.

No total, o Brasil teve 785 mil tentativas de fraude em julho, um crescimento de 3,4% ante junho. Após “Bancos e Cartões”, os setores que contabilizaram mais tentativas de fraude foram “Serviços” (27,8%), seguido por “Financeiras” (15,8%), “Varejo” (3,6%) e “Telefonia” (1,4%).

Os golpes mais comuns envolvendo boletos bancários

Fraude em boletos falsos

Eles são criados pelos criminosos e enviados para as vítimas, geralmente por e-mail ou mensagem de texto. Podem parecer legítimos, mas têm informações falsas, como o valor a ser pago e o beneficiário.

Fraude em boletos adulterados

São boletos legítimos modificados pelos golpistas. Eles podem ter informações como o valor a ser pago ou o beneficiário alterados, para o dinheiro ser depositado na conta dos golpistas em vez do destinatário original.

Fraude em boletos duplicados

Nesse caso, são boletos bancários que já foram pagos anteriormente. Contudo, foram alterados pelos golpistas e enviados novamente para as vítimas, na esperança de que elas paguem novamente.

Como identificar a fraude em boletos

Para evitar cair em golpes envolvendo boletos bancários, é importante saber como identificar documentos falsos. Aqui estão algumas dicas:

  • Verifique se o número do código de barras corresponde ao valor do boleto.
  • Confira se o valor do boleto é consistente com a compra ou serviço contratado.
  • Veja se o beneficiário do boleto é a empresa ou pessoa que você espera.
  • Verifique se o endereço de e-mail ou telefone que enviou o boleto é legítimo e confiável.
  • Encontre a logomarca correta do banco no boleto.

Como evitar golpes envolvendo boletos bancários

Existem algumas medidas que podem ser tomadas para evitar cair em fraude em boletos. Aqui estão algumas dicas:

  • Sempre verifique se as informações do boleto são precisas e correspondem ao serviço ou compra contratado.
  • Verifique se o boleto é legítimo antes de efetuar o pagamento.
  • Use o Internet banking do seu banco para gerar o boleto ou para efetuar o pagamento.
  • Não compartilhe informações pessoais ou financeiras com estranhos, ou por e-mail, ou telefone.
  • Desconfie de ofertas ótimas para serem verdadeiras.

O que fazer caso tenha sido vítima de fraude de boleto

Se você foi vítima de fraude de boleto, é importante agir rapidamente. Portanto, aqui estão alguns passos que você deve tomar:

  • Entre em contato com o seu banco e informe o ocorrido.
  • Registre um boletim de ocorrência na polícia. Você pode fazer isso online.
  • Entre em contato com a empresa ou pessoa que deveria ter recebido o pagamento do boleto e informe o ocorrido.
  • Se possível, forneça todas as informações sobre a transação, como o valor do boleto, o beneficiário, o número do código de barras e o comprovante de pagamento.
  • Verifique se há alguma garantia de reembolso ou compensação oferecida pelo seu banco, ou pela empresa que emitiu o boleto.