Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

56 milhões de cartões de crédito roubados

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

56 milhões de cartões de crédito roubadosO maior varejista de decoração e materiais de construção dos EUA, a rede Home Depot, foi vasculhada por cibercriminosos entre abril e o início deste mês e agora os técnicos a serviço da empresa concluíram que provavelmente foram copiados os dados de nada menos do que 56 milhões de cartões de pagamento – crédito e débito. Esse é o recorde em violação de dados, superando o anterior, que pertencia à rede de supermercados Target (40 milhões de cartões), e vai custar perto de US$ 62 milhões para mitigação do problema – sem falar nos processos que já foram abertos e estão em andamento. Os cibercriminosos acessaram servidores das lojas dos EUA e também do Canadá. Até agora, no entanto, a violação era tida apenas como possibilidade.
O CEO da empresa, Frank Blake, assinou um comunidado dizendo: “Pedimos desculpas aos nossos clientes pelo inconveniente e pela ansiedade que isso causou, e quero assegurar-lhes que eles não serão responsabilizados por cobranças fraudulentas. Desde que esta investigação começou, o nosso princípio tem sido colocar nossos clientes em primeiro lugar, e vamos continuar a fazê-lo”. O furto foi feito com software feitoi sob medida para os terminais de ponto-de-venda (PDV), para roubar informações dos cartões de débito e crédito dos clientes quando eles fizessem as suas compras. Esse malware ainda não tinha sido detectado em nenhuma outra invasão.
Agora, todas as transações estão sendo criptografadas. Tarde né?