Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Albanês liderou furto de US$ 14M em cartões

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Hacker albanês liderou furto de US$ 14MUm albanês se declarou culpado sexta-feira, em Nova York, pela participação em ciberataques que permitiram o furto de 14 milhões dólares de caixas eletrônicos em todo o mundo. Qendrim Dobruna, de 27 anos, foi preso em Stuttgart, Alemanha, em março de 2012 pela polícia alemã, e extraditado para os Estados Unidos por invadir o sistema baseado nos EUA usado para processar pagamentos de cartões de bancos destinados à Cruz Vermelha americana. A acusação da qual ele se declarou culpado pode levá-lo a 30 anos de prisão e a uma multa de US $ 1 milhão. A sentença sairá dia 24 de outubro. Dobruna invadiu mais de 15.000 transações em caixas eletrônicos em 18 países, utilizando os dados furtados de cartões de débito pré-pagos. Por meio da invasão das contas da Cruz Vermelha Americana eles manipularam saldos e limites, permitindo que seus colegas espalhados pelo mundo fizessem as retiradas.