Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Anonymous detidos no Cambodja por ataque a Israel

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Anonymous detidos no Cambodja por ataque a IsraelA Polícia Nacional (equivalente à nossa Federal) do Cambodja prendeu dois membros do Anonymous Camboja dia 7 deste mês, mas só ontem a notícia circulou. Foi  uma operação conjunta com o FBI que durou oito meses, segundo comunicado  da Polícia Nacional. Os membros do Anonymous foram presos sob a acusação de terem participado do ataque maciço a propriedades digitais de Israel também em 7de abril e de ataques a 30 sites do governo cambodjano.

Os presos são Bun Khing Mongkul Panha e Chou Songheng, ambos de 21 anos e  alunos do terceiro ano do Instituto SETEC, uma universidade com sede em Phnom Penh. Panha se identifica online como ‘ Sex Machine ‘ e ​​’Cibernético Black’, enquanto Songheng é conhecido ‘ Zoro ‘. Além de terem derrubado 30 sites do governo, os hackers derrubaram alguns sites de empresas. Entre os sites governamentais estão o Comitê Nacional de Eleições (CNE ), Ministério das Relações Exteriores , Ministério da Defesa, Unidade Anti-Corrupção e Município de Phnom Penh.

Panha admitiu o ataque e Songheng disse que só queria aprender, e que é aluno de Panha. A pena para os dois varia de valores de US$ 500 a US$ 1000 além de um ou dois anos de cadeia