Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Banco do Brasil, Coca-cola Itália, prefeitura e outros alvos atacados

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
hackers-deixam-banco-do-brasil-fora-do-ar
Clique para ampliar
página-de-ataque-ao-bb
Página de ataque automático

O Banco do Brasil e a Coca-Cola na Itália foram dois dos patrocinadores da Copa do Mundo atacados nesta tarde pelos simpatizantes do grupo Anonymous.O site do BB ficou fora do ar no mesmo momento em que os hackers anunciavam ataques. Acontecia o mesmo com o da Coca-cola.

Hackers latino-americanos, franceses e norte americanos faziam parte de um dos grupos que lançou os ataques DDoS durante a tarde. Os ataques foram lançados de redes bots controladas pelos hackers e também de uma página hackeada no servidor www  do languagesatwork.ca, que dispara milhares de solicitações por minuto. A página foi montada pelo Anonynous do México.

Os hackers invadiram e vazaram dados da Prefeitura de Sumaré, assim como invadiram a Fundação Casa de Ruy Barbosa e Prefeitura de Mangaratiba. Depois de concluírem que Casa de Ruy Barbosa era uma entidade cultural, o ataque foi abandonado. A agência de propaganda África esteve na lista de alvos várias vezes e fifa.com também. A página ofical da Fifa foi substituída pelo blog da organização. Ainda não sabemos por que isso aconteceu – problema interno ou ataque.