Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Blue Coat no Security Leaders

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
Blue Coat no Security Leaders
Marcos Olivera, country manager da Blue Coat

As ameaças cibernéticas evoluem em um forte ritmo e evitá-las passou a ser praticamente impossível. Porém, ao detectar uma invasão, quais atitudes devem ser tomadas? A Blue Coat, líder de mercado em tecnologia de segurança empresarial, debateu o assunto na palestra: “Era pós-prevenção: como obter visibilidade das ameaças avançadas e evidências de fraudes antes, durante e após o evento”,  no Security Leaders, dia 22 de outubro, no Centro Fecomércio de Eventos, em São Paulo.

A empresa foi representada por Marcos Oliveira, country manager da Blue Coat no Brasil, que falou sobre ferramentas que possibilitam a identificação de evidências de ataques na rede antes, durante e depois das invasões. “A maior dificuldade para uma empresa é conseguir detectar que foi ou está sendo atacada, saber quais danos foram causados e quais dados foram obtidos pelos invasores. A Blue Coat conta com soluções que possibilitam estas identificações e ainda previne contra futuras ameaças”, declara Oliveira.

O Brasil está entre os países foco de investimentos da Blue Coat, criada nos Estados Unidos em 1996. O objetivo é crescer de forma sustentável por meio de tecnologias que se despontam como determinantes para garantir a operação da rede de internet segura, seja em plataformas fixas ou móveis. Instalada no Brasil desde 2002, com unidade em São Paulo, a Blue Coat – líder mundial em Tecnologia de Segurança Corporativa – anunciou, recentemente, a expansão de seus negócios no Brasil por meio da abertura de escritórios regionais no Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brasília, aumento de seu portfólio de soluções para o mercado nacional e o estabelecimento de novos parceiros de negócios especializados na comercialização e implementação de soluções de segurança na rede.

De acordo com Marcos Oliveira, a expansão regional aliada a parceiros estratégicos e novas soluções capacitam a empresa a aumentar, ainda mais, seu suporte e atendimento a clientes dos setores público e privado. “Os crescentes ataques cibernéticos e a forte demanda por web security em diversos setores da economia brasileira mostram a necessidade de trazermos mais tecnologias para ajudar as companhias a vencerem os desafios em segurança”, declara o executivo.