Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Cão-robô ajuda a deter homem armado em Hollywood

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Um homem armado foi preso em Hollywood, após um longo confronto com a polícia, graças a um “cão-robô”, que ajudou as autoridades. O incidente começou por volta das 3h45 da quarta-feira dia, dia 8 de Novembro, quando um passageiro avistou uma arma aos pés de um homem aparentemente dormindo num ônibus. O problema foi informado a seguir ao Departamento de Polícia de Los Angeles. O motorista do ônibus, avisado, parou no cruzamento da Melrose com a Western Avenue, onde todos os passageiros deixaram o ônibus com segurança.

De acordo com a CBS News e a KCAL News, a polícia de Los Angeles e a SWAT seguiram para o local aproximadamente às 4h45 e tentaram fazer contato com o homem, que não respondia e ainda dormia. A polícia decidiu então usar o “SPOT”, um robô quadrúpede capaz de andar, escalar e correr, para ver melhor o homem e a situação dentro do ônibus. Alguns usuários da plataforma X compartilharam clipes do cão-robô ajudando a polícia.

O robô, controlado remotamente por um membro das forças especiais, aproximou-se do ônibus e entrou nele. Ele então se locomoveu pelo ônibus, transmitindo vídeo em tempo real para os policiais.

O robô também usou seu alto-falante para falar com o homem e convencê-lo a se render. Após cerca de uma hora e quarenta e cinco minutos, o homem finalmente acordou, desceu do ônibus e foi preso pela polícia por volta das 6h30.

O cão-robô que ajudou o LAPD a resolver a situação na quarta-feira foi um dos polêmicos dispositivos aprovados para uso pelo departamento de polícia pela Câmara Municipal de Los Angeles este ano. A decisão foi recebida com forte desaprovação do público, que expressou preocupação com o potencial abuso e militarização do cão-robô pela polícia. Alguns moradores também notaram que outras cidades, como Nova York e São Francisco, pararam de usar dispositivos semelhantes.

Desenvolvido pela Boston Dynamics, subsidiária da Hyundai, o cão-robô, que custa cerca de US$ 278 mil, foi doado ao Departamento de Polícia de Los Angeles pela LA Police Foundation. Este veículo terrestre não tripulado quadrúpede (QUGV) é capaz de realizar uma variedade de tarefas e mover-se facilmente em ambientes desafiadores.
“O robô QUGV é um robô versátil e ágil que pode nos ajudar em situações muito arriscadas para policiais reais”, disse o LAPD.

A polícia também recuperou uma arma semiautomática no ônibus e disse que ninguém ficou ferido no incidente.