Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Captura de teclado e vídeo sem invadir a máquina

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Captura de teclado e vídeo sem invadir a máquinaÉ possível capturar e retransmitir dados de teclado e vídeo sem invadir a máquina. Essa possibilidade existe no Catálogo de Tecnologias de Acesso a Redes da NSA (National Security Agency), vazado pelo ex-técnico edward Snowden,  e vai ser demonstrada no próximo DEFCON, em Las Vegas, de 7 a 10 de agosto. O catálogo está disponível para download no Cisoadvisor (veja link mais abaixo) e tem 50 páginas descrevendo muitos equipamentos, um deles chamado retro-refletor, que entre outras coisas captura e retransmite teclado e vídeo. Como fora da NSA ninguém sabe como os retro-refletores operam, os engenheiros de segurança não podem se defender-se contra o seu uso. Agora, um grupo de pesquisadores de segurança liderado por Michael Ossmann, um pesquisador (hacker) de tecnologias sem-fio do estado do Colorado, descobriu não só como esses dispositivos funcionam, mas também conseguiu construí-los.

Tais sistemas vêm em duas partes – um “refletor” de captura e um de recepção, ambos baseados em SDR ou rádio definido por software. Um refletor, que a NSA chama de Ragemaster, pode ser fixado ao cabo do monitor de um computador para pegar imagens na tela. Outra, o Surlyspawn, fica no cabo do teclado capturando dados. Depois de muita tentativa e erro, Ossmann descobriu que esses dispositivos são simples e pequenos – pouco maiores do que um minúsculo transistor, e uma antena que não mede mais de 2cm.

[wpdm_file id=5]