Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Cibersegurança: Brasil é campeão em ameaças

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Cibersegurança: Brasil é campeão em ameaças

O Brasil é a principal fonte de ameaças cibernéticas na região da América Latina e Caribe, representando cerca de 40% dos incidentes, com a Argentina em segundo lugar (12%) e o Peru em terceiro (10%). No ranking mundial, o Brasil caiu do 4o para o 8o lugar  entre 2012 e 2013. Nesse ranking, os Estados Unidos estão em primeiro lugar. Esses dados estão no relatório “Tendências em segurança cibernética na América Latina e no Caribe”, preparado pela empresa Symantec e vários parceiros, e apresentado ontem pela Organização dos Estados Americanos (OEA) na reunião preparatória da sua Assembléia Geral em Assunção, Paraguai. O documento ilustra e analisa os últimos desenvolvimentos em cibersegurança e cibercrime na região.

Em Spam, o campeão é o Peru, com 30% dos incidentes, enquanto o Brasil está em 6o lugar (7,7%).  Já em spam via botnet a campeã é a Argentina (17,54%), com o Brasil em 5o lugar (7,51%). Somos campeões também em

  • hospedagem de bots (49,6% dos localizados)
  • hospedagem de armadilhas de phishing (52,2%),
  • ataques na web (44%)
  • ataques a redes (39,7%)
  • código malicioso (42,8%)

Vale a pena ver o relatório em
http://www.symantec.com/content/en/us/enterprise/other_resources/b-cyber-security-trends-report-lamc-annex.pdf