Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Cibersegurança: falsas sensações

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
relatório sobre cibersegurança da FireEye
Capa do relatório sobre cibersegurança da FireEye

A FireEye acaba de divulgar um relatório sobre cibersegurança e ciberdefesa no mínimo inquietante. Vamos lá: 97% das organizações já sofreram alguma espécie de invasão, ou seja, pelo menos um hacker, bandido, militar ou qualquer outro invasor ultrapassou todas as camadas de ciberdefesa dessas empresas ou corporações. Tem outra: mais de 25% das organizações já tiveram eventos que podem ser associados às ferramentas e táticas dos agentes de “advanced persistent threats” (ameaças avançadas persistentes). Mais uma: 75% das organizações foram utilizadas como centros de comando e controle de comunicações, indicando que os atacantes tinham grande controle sobre os sistemas invadidos – e possivelmente continuam recebendo informações automaticamente enviadas a eles. E para fechar: as organizações foram invadidas, em média, 1,6 vezes a cada semana.

A pesquisa da FireEye foi feita em 1.614 dos seus appliances espalhados pelo mundo, em 1.216 organizações, entre outubro de 2013 e março de 2014.

Link para o relatório:

http://www2.fireeye.com/rs/fireye/images/fireeye-real-world-assessment.pdf