Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Como configurar um roteador para conexão segura

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Em 2022 foram gerados 40 trilhões de gigabytes de dados, incluindo desde mensagens trocadas, fotos postadas, conferências, entre outras muitas ações possíveis na internet. A previsão é que para 2023 esse número só irá aumentar, e pensando nessa evolução rápida, as empresas desenvolvedoras de equipamentos de tecnologia estão constantemente pesquisando formas de garantir a segurança dos usuários.
 

TP-Linkempresa líder global em conectividade há 11 anos, reconhece a importância do tema e, além de investir em pesquisas e dispositivos de proteção, oferece dicas de como tornar o acesso à internet mais seguro, para que os usuários possam proteger os próprios dados, além da família, dos colaboradores e clientes. Responsável pelo tráfego, o roteador é usado para distribuir o sinal de Wi-Fi, e por isso é também, um receptor, em que as informações acessadas por smartphones ou pelo computador circulam por ele, exigindo cuidados na hora da configuração.
 

Para Fabio Faria, Diretor de Marketing e Trade da TP-Link, a conexão Wi-Fi é sem dúvidas um dos maiores avanços em tecnologia, utilizada por todas as gerações. “É o que nos permite comunicar, fazer compras sem deixar o conforto da nossa casa, fazer transferências bancárias, reuniões, nos entreter e muitas outras funções que inferimos informações pessoais e as vezes sigilosas com tranquilidade. Por isso a TP-Link está desenvolvendo constantemente atualizações que acompanham essa veloz evolução. O resultado é ter sido premiado neste ano em diversas categorias da International Consumer Electronics Show, a CES, e pelo quarto ano consecutivo fomos citados pelo Quadrant Magic Gartner”, ressalta.
 

Um bom exemplo de investimento em pesquisa é o novo protocolo de criptografia WPA3, que oferece uma linha de defesa ainda mais forte através do Simultaneous Authentication of Equals (SAE) que elimina o risco de tentativas consecutivas de hackers, e no caso de locais públicos, oferece uma conexão criptografada para cada dispositivo tornando muito mais seguros. No caso de locais públicos, o WPA3 oferece uma conexão criptografada para cada dispositivo.
 

“O WPA3 vem para oferecer uma linha de defesa muito mais forte para esse público. No passado, um hacker poderia interceptar um pacote de dados criptografado e, através da tentativa e erro, os chamados “ataques de força bruta”, poderia descobrir uma senha fraca. Já com o SAE os hackers possuem apenas uma tentativa para descobrir a senha e, se falhar, o hacker precisaria interceptar um novo pacote e assim por diante”, explica Faria.
 

Deco BE95


Os equipamentos Deco e Archer da TP-Link, oferecem o sistema HomeShield, com kit de recursos integrados que visam não só a segurança da conexão, como o alto desempenho e velocidade do sinal. A configuração é intuitiva e de fácil acesso através do aplicativo Deco ou Tether. Confira abaixo e as soluções para proteger redes domésticas e corporativas.
 


Proteção IoT em tempo real

Assim que novos dispositivos inteligentes (IoT) se conectam à rede, oTP-Link HomeShield os identifica e passa a monitorar seu desempenho de segurança. Por meio de um firewall, o HomeShield bloqueia acessos não autorizados, criptografa seus dados e protege os dispositivos conectados contra ameaças e ataques cibernéticos.
 

Bloqueio de sites suspeitos

O HomeShield detecta URLs suspeitas e sites maliciosos e os bloqueia, impedindo automaticamente o acesso a rede do roteador.
 

Controle dos Pais

Através do aplicativo é possível configurar os dispositivos e definir controles individuais, dessa forma é possível criar perfis que se adaptem a idades diferentes, estabelecer limites de tempo personalizados, além de outras funções como filtros de conteúdo, hora de dormir e recompensas de tempo garantindo a segurança de crianças e adolescentes e reduzindo riscos.
 

Relatórios de uso

Relatórios mais detalhados para ajudá-lo a obter uma compreensão completa de seu Wi-Fi doméstico e de cada dispositivo conectado, nele você checa as estatísticas de segurança da rede, analisa o histórico do navegador, analise do tempo conectado, entre outros dados que vão te ajudar a manter um controle sobre sua rede.
 

Dicas finais que todos podem realizar para ampliar a rede de segurança:

  • Nunca deixe a rede aberta e sempre crie senhas para o Wi-Fi com senha e disponibilize a senha apenas para autorizados.
  • Quando receber pessoas em casa, ofereça a senha da Rede Wi-Fi para Convidados ao invés da sua rede principal.
  • Altere a senha do Wi-Fi periodicamente e não utilize combinações obvias. Quanto mais números e letras desconexos melhor.
  • O roteador deve ser atualizado sempre que for solicitado. Assim, ele sempre contará com os melhores métodos de segurança disponíveis atualmente.
  • Ao navegar, muito cuidado com os anexos recebidos em e-mails e mensagens de comunicação, bem como com mensagens suspeitas em sites e redes sociais. Elas podem ser usadas para camuflar vírus e arquivos maliciosos.
  • Em caso de longos períodos sem ser utilizado, vale a pena desligar o roteador.