Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

CrowdStrike vende US$1B no AWS Marketplace

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

São Paulo, Brasil – 23 de outubro de 2023 — A CrowdStrike ultrapassou US$ 1 bilhão em vendas do seu software cloud-native no AWS Marketplace, tornando-se o primeiro fornecedor independente de software (ISV) de segurança cibernética a alcançar esse feito. Desde o lançamento no AWS Marketplace, em novembro de 2017, a CrowdStrike alcançou:

  • Aumento de 3.000%+ CAGR em vendas;
  • Execução de mais de 4.850 transações, com múltiplas transações diárias; 
  • Ticket médio maior: em média, as transações da CrowdStrike no AWS Marketplace são 140% maiores que em seus outros canais de entrada no mercado.

Essa conquista foi atingida em menos de 6 anos após o lançamento da plataforma  baseada em IA, CrowdStrike Falcon, e é um resultado da parceria entre a empresa e o AWS Marketplace. 

“Desde que trouxemos a plataforma Falcon com tecnologia de IA para o AWS Marketplace, identificamos uma enorme demanda das empresas e de parceiros em busca de compras mais rápidas e sem dificuldades – exatamente onde se encaixa a plataforma Falcon, que está integrada às principais necessidades das empresas que operam ou desejam operar na nuvem”, afirma Daniel Bernard, diretor de negócios da CrowdStrike. “Nosso trabalho inicial com o AWS Marketplace, bem como a execução end-to-end, é um modelo único de sucesso na cadeia de suprimentos de software moderna”, conclui Bernard.

Em todas as regiões, as equipes de vendas da CrowdStrike e da AWS trabalham juntas para ajudar os clientes a proteger suas operações na nuvem e oferecer segurança cibernética para atender às necessidades mais amplas do uso corporativo. 

Conforme relatado nos resultados financeiros do segundo trimestre do ano fiscal de 2024 da CrowdStrike, a empresa apresentou um trimestre (encerrado em 31 de julho de 2023) recorde para seu negócio de segurança em nuvem. Além disso, as operações em nuvem pública registraram, no mesmo período, uma receita recorrente anual de US$ 296 milhões, um aumento de 70% em relação ao ano anterior – maior do que quase todos os fornecedores de segurança em nuvem.