Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Espionagem na Ucrânia com malware russo?

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

datacenters russiaO “Snake”, uma ferramenta de espionagem suporstamente ligada ao governo russo, foi encontrada nos computadores do primeiro-ministro da Ucrânia e em várias embaixadas de países aliados da Europa Oriental. “Informação diplomática sensível foi disponibilizada para os planejadores do ataque como resultado”, segundo o jornal Financial Times. Esse ataque cibernético que atinge a Ucrânia e o Leste europeu começou com a infecção de 84 sites de tráfego elevado, que eram constantemente visitados por funcionários dos governos, indústrias de defesa e serviços diplomáticos. Foram os sites contaminados que transferiram spyware para as máquinas dos visitantes. Dezenas de computadores no escritório do primeiro-ministro ucraniano e pelo menos 10 nas embaixadas da Ucrânia no exterior podem ter sido comprometidos. A operação também afetou embaixadas em pelo menos outros nove países, incluindo a Alemanha, China, Polônia e Bélgica.