Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

F5 fatura US$ 2,8 bilhões no ano fiscal 2023

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
  • Resultado representa um crescimento de 4% em relação ao mesmo período do ano passado;
  • A receita de serviços globais cresceu 7% e, a de produto, 1%;
  • Receita do quarto trimestre de 2023 foi de US$ 707 milhões, um aumento de 1% em relação a 2022;
  • No Q4, a participação de vendas de software avançou em 11%;
  • O ano fiscal da F5 termina em 30 de setembro.

São Paulo, 31 de outubro de 2023 – A F5, provedora de soluções de segurança cibernética, anuncia o faturamento de US$ 2,8 bilhões no ano fiscal de 2023, o que significa um aumento de 4% referente ao mesmo período de 2022. Em relação ao quarto trimestre do ano fiscal de 2023, a empresa faturou US$ 707 milhões, montante representa um crescimento de 1% ou US$ 7 milhões acima dos US$ 700 milhões alcançados no mesmo período do ano fiscal de 2022.

De acordo com François Locoh-Donou, presidente e CEO da F5, durante o quarto trimestre, a F5 alcançou um crescimento de 11% na receita de software, entregando uma melhoria na margem operacional e crescimento de dois dígitos no lucro por ação. “Nosso foco na disciplina operacional nos capacitou a entregar, no ano fiscal de 2023, um lucro por ação alinhado com o topo das nossas expectativas do início do ano, apesar de um ambiente macroeconômico desafiador e da resultante cautela dos clientes no tocante a gastos”, disse François Locoh-Donou.

O ano fiscal da F5 termina em 30 de setembro de 2023.

Locoh-Donou explica que no ano fiscal 2023 da F5, a receita de serviços globais cresceu 7% em relação à do ano anterior, enquanto a receita de produtos cresceu 1%, refletindo 3% de crescimento da receita de sistemas e receita de software que permaneceu estável em relação à do ano anterior.

Já no Q4 do ano fiscal de 2023, o executivo conta que a receita de serviços globais cresceu 9% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto a receita de produtos diminuiu 7%, refletindo 11 % de crescimento da receita de software e receita de sistemas 25% inferior à do mesmo período do ano anterior.

De olho no futuro

Para o ano fiscal de 2024, a F5 espera que a receita seja estável, com um declínio percentual de um dígito baixo em relação à receita do ano fiscal de 2023. “Entramos no ano fiscal de 2024 em um ambiente que parece estar se estabilizando. Na verdade, do ponto de vista da procura, as renovações de assinaturas tiveram um bom desempenho ao longo do ano fiscal de 2023, e vimos sinais encorajadores de clientes empresariais em nosso quarto trimestre”, disse Locoh-Donou.

Para o primeiro trimestre do ano fiscal de 2024, com início em 1 outubro de 2023 e término em 30 de dezembro 2023, a F5 espera entregar receitas na faixa de USD 675 milhões a USD 695 milhões, com lucros não-GAAP na faixa de USD 2,97 a USD 3,09 por ação diluída.

Lucro GAAP x Não-GAAP

O lucro bruto GAAP no ano fiscal de 2023 foi de USD 2,2 bilhões, representando uma margem bruta GAAP de 78,9%. Isso se compara ao lucro bruto GAAP de USD 2,2 bilhões no ano anterior, que representou uma margem bruta GAAP de 80,0%. O lucro bruto não-GAAP no ano fiscal de 2023 foi de USD 2,3 bilhões, representando uma margem bruta não-GAAP de 81,5%. Isso se compara ao lucro bruto não-GAAP de USD 2,2 bilhões no ano anterior, que representou uma margem bruta não-GAAP de 82,6%.

O lucro operacional GAAP no ano fiscal de 2023 foi de USD 473 milhões, representando uma margem operacional GAAP de 16,8%. Isso se compara ao lucro operacional GAAP de USD 404 milhões no ano anterior, que representou uma margem operacional GAAP de 15,0%. O lucro operacional não-GAAP do período foi de USD 850 milhões, representando uma margem operacional não-GAAP de 30,2%. Isso se compara ao lucro operacional não-GAAP de USD 778 milhões no ano anterior, que representou uma margem operacional não-GAAP de 28,9%.

O lucro líquido GAAP no ano fiscal de 2023 foi de USD 395 milhões, ou USD 6,55 por ação diluída, em comparação com USD 322 milhões, ou USD 5,27 por ação diluída, no ano fiscal de 2022. O lucro líquido não-GAAP no ano fiscal de 2023 foi de USD 705 milhões, ou USD 11,70 por ação diluída, em comparação com USD 623 milhões, ou USD 10,19 por ação diluída, no ano fiscal de 2022.

O lucro bruto GAAP no quarto trimestre do ano fiscal de 2023 foi de USD 566 milhões, representando uma margem bruta GAAP de 80,1%. Isso se compara ao lucro bruto GAAP de USD 553 milhões no mesmo período do ano anterior, que representou uma margem bruta GAAP de 78,9%. O lucro bruto não-GAAP no quarto trimestre do ano fiscal de 2023 foi de USD 585 milhões, representando uma margem bruta não-GAAP de 82,7%. Isso se compara ao lucro bruto não-GAAP de USD 570 milhões no mesmo período do ano anterior, que representou uma margem bruta não-GAAP de 81,4%.

O lucro operacional GAAP no quarto trimestre foi de USD 172 milhões, representando uma margem operacional GAAP de 24,3%. Isso se compara ao lucro operacional GAAP de USD 108 milhões no mesmo período do ano anterior, que representou uma margem operacional GAAP de 15,4%. O lucro operacional não-GAAP do período foi de USD 240 milhões, representando uma margem operacional não-GAAP de 33,9%. Isso se compara ao lucro operacional não-GAAP de USD 191 milhões no mesmo período do ano anterior, que representou uma margem operacional não-GAAP de 27,3%.

O lucro líquido GAAP no quarto trimestre do ano fiscal de 2023 foi de USD 152 milhões, ou USD 2,55 por ação diluída, em comparação com USD 89 milhões, ou USD 1,49 por ação diluída, no quarto trimestre do ano fiscal de 2022. O lucro líquido não-GAAP no quarto trimestre do ano fiscal de 2023 foi de USD 209 milhões, ou USD 3,50 por ação diluída, em comparação com USD 158 milhões, ou USD 2,62 por ação diluída, no mesmo período do ano fiscal de 2022.