Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Ferros de passar roupa a serviço da espionagem chinesa?

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
ferros-de-passar-roupa-espioes
Ferros de passar com wifi

Agentes da alfândega russa em São Petersburgo descobriram cerca de 20 ferros de passar roupa e bules elétricos importados da China equipados com chips que, segundo especialistas do governo, capturam e retransmitem dados de redes wifi abertas de até 200m de distância.

Pode parecer estranho mas há transformadores em circuito impresso que podem baixar a tensão de 220V da Rússia para alimentar o dispositivo. Por que espionar pessoas comuns? A suposição, por enquanto, é de que se trate apenas de um teste de conceito. Cerca de 30 ferros e bules já foram vendidos na cidade. O noticiário não explica por que os dispositivos foram descobertos, mas supõe-se também que tenha sido porque alguma característica dos produtos os tornou evidentes demais.