Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Flórida aprova lei de proteção a dados pessoais

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

florida-lei-violacao-dadosO senado da Florida, equivalente à assembleia legislativa nos estados brasileiros, anunciou a aprovação do projeto de lei que obriga as empresas a notificarem o público quando descobrirem violações e vazamento de dados de pessoas. A legislação sancionada ontem pelo governador Rick Scott impõe exigências mais duras sobre notificações, estabelecendo um prazo de 30 dias para a comunicação às vítimas. Além disso, a lei amplia a definição do que seja informação sobre uma pessoa, para desse modo proteger também credenciais de login on-line que incluem nome de usuário ou endereço de e-mail utilizado em conjunto com uma senha ou pergunta de segurança; a lei obriga as empresas não só a informar, mas também fornecer documentação e relatórios periciais à promotoria (como o Ministério Público no Brasil) quando se tratar de violações que afetam mais de 500 residentes da Flórida.

A lei também exige que as empresas tomem “medidas razoáveis” para proteger as informações pessoais em formato eletrônico, bem como quando precisarem eliminar registros de clientes.