Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Forcepoint: detecção avançada de malware em NGFW

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
A Forcepoint™, líder mundial em cibersegurança, anunciou a disponibilidade imediata da versão mais recente do seu software Next Generation Firewall (NGFW), que adiciona suporte ao novo serviço Forcepoint Advanced Malware Detection baseado na nuvem. A combinação de Forcepoint NGFW e recursos avançados de detecção de malware fornece acesso aberto e desobstruído a dados críticos e propriedade intelectual em todos os lugares, reduzindo ao mesmo tempo o risco de ataques de dia zero e outras ameaças emergentes.

 

“Empresas e agências governamentais estão lutando contra riscos de segurança causados pelas pessoas que vão desde invasão de malware malicioso até erros involuntários de usuários", disse Antti Reijonen, vice-presidente e gerente geral da divisão de negócios de Network Security da Forcepoint. “O NGFW e o Advanced Malware Detection da Forcepoint trabalham em conjunto para aumentar a visibilidade das ações das pessoas na rede, enquanto mantêm os responsáveis pelos ataques fora de ação. Esses novos recursos também serão fornecidos nos nossos produtos de segurança para Web, e-mail e CASB, fazendo com que a Forcepoint seja o único fornecedor de NGFW a oferecer proteção integral contra ameaças avançadas a redes, Web, e-mail e aplicativos em nuvem." 

 

Ao fornecer detecção consistente de ameaças avançadas em todos os principais pontos de acesso a uma empresa, a Forcepoint pode detectar malware em um ponto de acesso e bloqueá-lo rapidamente em todos os outros, mesmo quando os usuários estiverem trabalhando remotamente. O novo serviço Advanced Malware Detection reforça e aprimora a tecnologia de filtragem do Forcepoint NGFW para analisar com mais profundidade os arquivos transmitidos de modo a identificar código malicioso e bloqueá-lo rapidamente, antes que os responsáveis pelos ataques possam entrar na rede e roubar propriedade intelectual ou dados críticos. Além disso, as equipes de segurança e de rede agora podem detectar com mais facilidade tendências que indicam as intenções e o comportamento de um funcionário e, assim, eliminar práticas cibernéticas prejudiciais.

 

Implementação de serviço baseado em nuvem e atualização do software NGFW em apenas alguns minutos

 

A nova versão do software Forcepoint NGFW 6.2 com suporte para o serviço Advanced Malware Detection oferece inovações e benefícios adicionais, incluindo:

 

  • Opções mais amplas para provedores de serviços gerenciados (MSPs) – as empresas parceiras agora podem oferecer a seus clientes proteção a aplicativos de missão crítica com Forcepoint Sidewinder Security Proxies, administrado centralmente pelo MSP.
  • Automação da gestão de mudança de políticas – os clientes podem eliminar os processos manuais para aumentar a eficiência e simplificar o cumprimento dos requisitos de auditoria utilizando o recurso de aprovação de mudanças de políticas, incorporado ao console de gerenciamento do Forcepoint NGFW.
  • Controle mais detalhado e mais rápido do tráfego criptografado –  agora, os administradores possuem controle detalhado sobre o volume do tráfego criptografado, que cresce rapidamente, para dentro e fora de suas redes, com inspeção de alto desempenho de conexões HTTPS, controle de nível de comando de aplicativos SSH/SFTP e imposição dinâmica das funções de privacidade do usuário.
  • Escalabilidade automatizada em data centers virtualizados  – as equipes de segurança e operações podem controlar e provisionar automaticamente centenas ou milhares de firewalls virtuais em ambientes de VMware NSX com suporte para OSC (Open Security Controller).
  • Mais de dez melhorias ao fluxo de trabalho – a equipe de TI agora também pode implementar, investigar e reparar firewalls e IPSs em toda a sua rede com mais eficiência por conta da muitas melhorias de automação e da experiência do usuário do Forcepoint NGFW Security Management Center (SMC).

 

A versão 6.2 do software Forcepoint NGFW e o serviço Forcepoint Advanced Malware Detection já estão disponíveis através da rede global de parceiros provedores de serviços e pelo canal Forcepoint. A nova proteção contra malware também será adicionada ao Forcepoint CASB (Cloud Access Security Broker) no terceiro trimestre de 2017.