Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

ISIS ataca endereços militares dos EUA

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
ISIS ataca endereços militares dos  EUA
Twitter do CENTCOM tomado pelo Cybercaliphate

Pessoas que apóiam o grupo terrorista Estado Islâmico sequestraram os perfis do Twitter e do YouTube do Comando Central dos EUA (CENTCOM) ontem e publicaram um aviso para os soldados norte-americanos. No post do Twitter, os hackers, que operam sob o nome de CyberCaliphate, publicaram uma mensagem que dizia: “soldados americanos, estamos chegando, olhem para trás. ISIS. ” No perfil do YouTube do CENTCOM, a atividade de cibervandalismo foi o envio e publicação de vários vídeos com propaganda e militantes do ISIS.

Durante um período de cerca de 30 minutos, ambas as contas sociais estiveram sob o controle do CyberCaliphate; em seguida, ficaram offline por um período de tempo. O Twitter do CENTCOM já voltou ao controle de seu legítimo proprietário, enquanto o canal do YouTube voltou logo depois. O CyberCaliphate também publicou links para documentos que continham informações sobre generais aposentados do Exército dos Estados Unidos e sobre os planos militares em regiões sensíveis em todo o mundo, como a China, a Coreia do Norte, África, Indonésia, e na área do mar Cáspio. Isso alimentou a especulações de que alguma rede militar dos EUA tinha sido comprometida e informações classificadas extraídas.