Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Os golpes da temporada de festas

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Dados do relatório da Norton mostram que dentre os brasileiros alvo de algum tipo de tentativa de golpe online, quase metade (46%) foram vítimas, com alguns reportando perdas de mais de R$1.500,00.  

As festas de fim de ano se aproximam e os brasileiros se preparam para momentos de comemoração, de descontração e troca de presentes com familiares e amigos. No entanto, uma pesquisa recente da Norton, marca líder em segurança cibernética e parte da Gen™, revela dados alarmantes sobre as perdas sofridas pelos consumidores no Brasil devido a fraudes em compras online. A pesquisa também traz um panorama dos hábitos e preocupações dos brasileiros ao fazer compras via internet. 

A edição especial do “Relatório de Insights de Cibersegurança 2023” da Norton, que inclui a opinião de 1.002 brasileiros sobre compras online para o fim de ano, aponta que 95% dos consumidores no Brasil planejam gastar em compras durante as próximas festas de fim de ano, sendo que a esmagadora maioria (99%) destes afirma que farão algumas compras online, sendo fundamental estar atento e informado. Outros dados revelados na pesquisa da Norton são:  

  • 31% dos entrevistados no Brasil afirmam ter sido alvo de golpes, durante o período festivo em anos anteriores.   
  • Mais preocupante do que isso é a taxa de sucesso dos cibercriminosos:  quase metade do total de brasileiros que foram alvo de algum tipo de tentativa de golpe online (46%) sofreram perdas financeiras, além de outras consequências prejudiciais deste tipo de crime.   
  • A pesquisa revelou ainda que o prejuízo financeiro médio sofrido pelas vítimas no Brasil foi superior a R$ 1.500,00 (R$ 1.565,57).   

Mas se as perdas financeiras não são suficientes para soar o alarme, outro tipo de roubo é responsável pela maior preocupação da maioria dos consumidores no Brasil, quando se trata de crimes cibernéticos, segundo a pesquisa da Norton: 84% dos brasileiros estão preocupados com seus dados pessoais sendo comprometidos.    

“Se as perdas são frequentes, as consequências são graves e as preocupações são muitas. Por outro lado, o que falta é o conhecimento de como se proteger contra os ataques cada vez mais frequentes e cada vez mais sofisticados”, afirma Iskander Sanchez-Rola, Diretor de Inovação de Privacidade da Norton. “Nossa pesquisa revela que 81% dos consumidores brasileiros dizem que gostariam de saber como se proteger melhor contra os cibercriminosos, durante as festas de fim de ano. Na verdade, 74% dos entrevistados disseram acreditar que há mais fraudes nessa ocasião do que em qualquer outra época do ano, e 57% afirmam que os seus hábitos de compra mudam durante o período festivo.”    
  

Apesar dos riscos, comprar online continua sendo uma opção irresistível e muitas vezes vantajosa. Para ajudar as pessoas e evitar que sejam vítimas ao fazer compras online no período de festas de fim de ano, a Norton compartilha dicas para que os consumidores saibam como fazê-lo com segurança. Veja abaixo:  

  • Compre de varejistas que você conhece: não confie cegamente nos resultados da pesquisa. Sempre verifique as URLs para identificar erros ortográficos ou erros como Amaozn em vez de Amazon, por exemplo. Marque os seus sites de compras favoritos, para visitá-los diretamente.    
  • Tenha cuidado com ofertas que são boas demais para ser verdade: muitos consumidores online são enganados ao reagir a ofertas que são boas demais para ser verdade. Os cibercriminosos costumam criar anúncios de produtos de grife ou de luxo com grandes descontos, mas, uma vez encomendados, esses itens não chegam ou são produtos falsificados.  
  • Tenha cuidado ao fazer compras em redes Wi-Fi públicas: as redes Wi-Fi públicas são fáceis de hackear e os cibercriminosos podem interceptar dados que um usuário envia para um site de compras, como cartão de crédito ou detalhes de pagamento. Ao fazer compras online, é essencial usar uma conexão segura à Internet. Caso o usuário precise realizar compras fora de viagem, a recomendação é utilizar uma rede virtual privada (VPN).  
  • Contrate um serviço de proteção contra roubo de identidade: mesmo seguindo as dicas de segurança, ainda existe a chance do usuário ser hackeado ou enganado por um cibercriminoso. Para manter suas contas no ambiente online e informações financeiras protegidas, recomendamos inscrever-se em um serviço de proteção contra roubo de identidade, como o Norton 360 com LifeLock select. 
  • Use aplicativos de compras oficiais sempre que possível: a maioria dos grandes varejistas têm seus próprios aplicativos para dispositivos móveis. Esses aplicativos podem ser muito mais seguros do que visitar os seus sites. Certifique-se de manter os seus aplicativos atualizados para evitar bugs e vulnerabilidades ativando atualizações automáticas.  

“Lembre-se sempre de comprar com sabedoria, estar atento e proteger-se de fraudes ao fazer compras online. Ao seguir essas medidas de segurança, as pessoas podem evitar ser surpreendidas de maneiras desagradáveis. Com a proteção online certa, as pessoas podem desfrutar de experiências mais seguras e satisfatórias sempre que passarem um tempo de suas férias navegando e realizando compras no mundo digital, durante as festas de fim de ano”, conclui Iskander Sanchez-Rola.  

Metodologia 

A pesquisa Norton foi realizada online no Brasil pela Dynata, em nome da Gen, de 17 a 28 de agosto de 2023, entre 1.002 brasileiros com 18 anos ou mais.