Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Parceria e-Safer/Lumu para identificar e bloquear ameaças

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Serviço de threat hunting utiliza Inteligência de Ameaças (threat intelligence) e metadados para identificar indicadores de comprometimento da rede (IoCs) e classificar as atividades maliciosas na rede em tempo real.

A e-Safer anuncia parceria com a Lumu, provedora de tecnologia de Análise e Visibilidade de Rede (NAV), para oferecer uma solução de identificação e bloqueio de ameaças nas redes de computadores e elevar a capacidade das organizações de garantir a proteção das aplicações de software e sistemas de dados.

A tecnologia Continuous Compromise Assessment da Lumu utiliza táticas de Inteligência de Ameaças (threat intelligence) para identificar todos os indicadores de comprometimento da rede (IoCs), classificar as atividades maliciosas na rede em tempo real e desencadear a automatização do rastreamento de ameaças (threat hunting) e utiliza a base conhecimento criada a partir da utilização da ferramenta por seus clientes em todo o mundo somados a mais de 85  bases de conhecimento públicas e privadas. Com isso, a solução oferece inventário de códigos maliciosos para que os gestores de segurança cibernética possam tomar as decisões baseadas em dados.

Todos os incidentes identificados resultam na coleta de dados e valores de hash associados (algoritmo de mapeamento de dados), lista de endereços IP, nomes de domínio e informações de rede para alimentar o motor de caça de ameaças, para que ele não realize ações desnecessárias no rastreio de ameaças. Esta dinâmica garante a inteligência necessária para que a solução Lumu possa mitigar riscos rapidamente e desenvolver conhecimento adicional para realizar novos exercícios de rastreio de código maliciosos.

“O inventário de ameaças oferecido pela solução está fundamentado na base de conhecimento da tecnologia Lumu e é fundamental para que os gestores de segurança cibernética possam adotar as estratégias de respostas às ocorrências com maior eficiência”, comenta William Bergamo, CEO da e-Safer. “A Lumu é criadora de um modelo inovador de detecção de ameaças e de orquestração da resposta a incidentes, impedindo ataques antes que eles aconteçam”.

Análise e Visibilidade de Rede (NAV) é uma tecnologia crítica de Zero Trust

“Não pode haver Zero Trust sem visibilidade do que está acontecendo dentro das redes”, aponta William Bergamo, lembrando a afirmação do relatório The Forrester Wave: Network Analysis And Visibility, Q2 2023, que apontou a Lumu como líder da categoria neste em seu mais recente estudo de mercado. A tecnologia NAV fornece inteligência, correlação e visibilidade em todos os aspectos da rede, desde endpoints até a nuvem, e as organizações implementam soluções de análise e visibilidade de rede (NAV) para obter insights sobre redes onde quer que estejam: na nuvem, no local ou em ambientes híbridos.

“Na e-Safer todos estão empenhados em garantir às empresas os melhores serviços e tecnologias para garantir a cibersegurança em alto nível. O acordo com a Lumu complementa os seus recursos para a automação e resposta de segurança e oferece aos seus clientes a capacidade de responder rapidamente às ocorrências de segurança digital”, acrescenta o Agnaldo Cyrillo, executivo da Lumu Technologies no Brasil.