Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Plataforma de universidade prevê ataques

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Plataforma de universidade prevê ataquesDois cientistas da computação acreditam que podem ver o futuro: com base na tecnologia de ponta do aprendizado de máquina e da mineração de dados, uma dupla de pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon criaram uma nova ferramenta concebida para prever com precisão quais os servidores Web serão atacados antes que a invasão de fato aconteça.
Kyle Soska e Nicolas Christin, os acadêmicos por trás do novo algoritmo de classificação (que eles chamam de um “classificador”), dizem que treinaram sua ferramenta, chamada de “WayBack Machine”,  em 444.519 sites copiados e arquivados, com mais de 4,9 milhões de páginas da web. A previsão do classificador foi correta em 66 por cento dos ataques que realmente aconteceram no período de um ano de observação, com uma taxa de falsos positivos de 17 por cento. Esse desempenho é “muito encorajador”, escreveram os pesquisadores no estudo, publicado quarta-feira passada no Simpósio de Segurança USENIX.

O paper está em

https://www.usenix.org/system/files/conference/usenixsecurity14/sec14-paper-soska.pdf