Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Pontos de venda contaminados por malware

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Pontos de venda contaminados por malwarePerto de meio milhão de cartões de pagamento usados no comércio de 36 países estão em risco porque foram passados em cerca de 1.500 terminais de venda contaminados pelo malware Nemanja. O malware, supostamente criado na Sérvia, funciona como um bot, conectando-se a uma rede controlada por uma ou mais pessoas, descoberta em março pela empresa IntelCrawler, da Califórnia. Os terminais (PDVs) estão espalhados em 35 países e um deles é o Brasil. Foram localizadas contaminações em terminais móveis das seguintes marcas:

-Paybyway;

-SumUP;

-SimplePay;

-Lifepay;

-Pay

-Me

-2CAN

O que os criminosos fazem? Eles interceptam os dados sobre os cartões e os revendem na deep web.

O relatório da IntelCrawler está disponível em

http://intelcrawler.com/intel/nemanja.pdf