Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Software analisa comportamentos de risco do usuário

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Software analisa comportamentos de risco do usuárioA Fujitsu quer tornar a segurança do computador mais personalizada com o uso de um software de elaboração de perfis com base na psicologia. Para isso, os laboratórios da empresa estão desenvolvendo uma ferramenta que poderá identificar e aconselhar as pessoas mais vulneráveis a ataques cibernéticos, com base no modo como usam e-mail e navegadores da Web, bem como suas ações de teclado e mouse. O software é projetado com a suposição de que a maioria dos ataques cibernéticos exploram erros cometidos pelos usuários, tais como clicar em links maliciosos ou enviar inadvertidamente e-mails a pessoas erradas. A Fujitsu descreve essa tecnologia como a primeira que se baseia nas características comportamentais e psicológicas das pessoas.

Ao invés de ser como um programa antivírus, o software é mais como “uma análise de um log de ações do usuário, indica os riscos potenciais dele”, disse um porta-voz do laboratório. “O software julga risco com base em comportamento humano e, em seguida, atribui uma contramedida de segurança para um determinado usuário.” Como parte de sua pesquisa, a Fujitsu consultou especialistas em psicologia social e entrevistou cerca de 2.000 japoneses, metade dos quais sofreram ataques, para determinar que características fazem alguns usuários mais vulneráveis aos vírus, fraudes e vazamentos de dados.