Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Veeam estima crescer pelo menos 30% neste ano

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
Mauricio Gonzalez, vice-presidente de vendas da Veeam para América Latina
  1. Quanto é o crescimento em número de vendas e clientes 2023? Que recursos a empresa está acrescentando na sua estrutura do Brasil para atender esse crescimento?

Comparado com 2022, estamos encerrando 2023 com um crescimento de 30%. Esse sucesso foi em grande parte impulsionado pela inovação em nossa oferta de soluções apresentada este ano; também anunciamos algumas semanas atrás nossa parceria com Sophos, o que nos ajuda a reforçar o compromisso que temos com nossos clientes para continuar protegendo seus dados e garantir a continuidade de seus negócios, possibilitando uma resiliência radical. Atualmente, temos 50 funcionários localmente no Brasil, além de recursos regionais que se somam ao suporte aos clientes no país, sempre oferecendo suporte em todas as áreas necessárias.

  1. A expectativa é que a unidade brasileira represente 50% da receita da América Latina nos próximos dois anos: o que é preciso fazer para alcançar essa meta? Quais serão os principais obstáculos?

Atualmente, o Brasil representa 40% do mercado da América Latina. Devido à incrível trajetória de crescimento no país, a empresa concentrou-se em aprimorar ainda mais nossas capacidades internas, agora em questões de cibersegurança, com ênfase em nossa ciberresiliência e enriquecendo a mentalidade de garantir a continuidade do negócio. Um desafio, sem dúvida, é mudar a mentalidade das organizações em relação ao investimento em soluções de proteção e recuperação de dados. A sofisticação das ciberameaças (especificamente do ransomware) altera a questão de se a empresa será atacada para com que frequência. Portanto, já é uma necessidade contar com soluções de proteção de dados. Pode haver empresas que não tenham sofrido ataques, mas atualmente as organizações não podem se dar ao luxo de não ter uma proteção. Por outro lado, continuaremos trabalhando para inovar e atualizar nossas soluções, a fim de continuar fornecendo o ativo mais importante das empresas: os dados.

  1. Embora a Veeam afirme proporcionar aos clientes “a tranquilidade de saber que seus dados estão seguros e sempre disponíveis”, naturalmente existem condições para esse sucesso do cliente: quais são – genericamente – essas condições?

Tanto o rápido crescimento na geração de informações quanto o aumento nos ataques cibernéticos tornam ainda mais fundamental que as empresas possuam as capacidades adequadas de proteção e recuperação. Do nosso lado, com o apoio de nossos parceiros, sempre oferecemos suporte direto aos nossos clientes, com o objetivo de ajudá-los a garantir a proteção de seus dados. Embora a Veeam sempre tenha sido comprometida com essa abordagem arquitetônica, estamos trabalhando com parceiros de armazenamento para implementar um modelo de Confiança Zero Trust líder na indústria; Zero Trust Data Resilience (ZTDR) é um modelo com o qual buscamos ajudar as organizações a reduzir o risco de ameaças crescentes à segurança de dados e aprimorar sua resiliência geral.

4) Qual é o melhor case de sucesso publicado pela Veeam no Brasil – ou no mundo?

Marfrig https://www.veeam.com/br/success-stories/marfrig.html

Banco Original https://www.veeam.com/br/success-stories/banco-original.html

Global Siemens  https://www.veeam.com/success-stories/siemens.html