Hackers iranianos alegam ter derrubado energia em Israel
Ransomware atinge empresa de logística no Brasil
USP, UFRJ e UFMG sob ataque de negação de serviço
Pane de rede retardou produção na Volkswagen
Site da Prefeitura de Suzano (SP) está fora do ar
DDoS atinge subdomínio da NASA

Assine nossa newsletter Premium e ganhe acesso ao grupo de WhatsApp In_Cyber.
Conheça também a versão Básica

Windows XP: bye bye para nós. Não para os bancos

Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook
ATM Windows XP
Caixa automático operando com Windows XP

A Microsoft publicou hoje os últimos “patches” (ou remendos) do Windows XP: foram 11 vulnerabilidades reparadas, mas daqui em diante não haverá outras publicações. Isso significa que de um lado os cibeercriminosos continuarão tentando achar brechas para invadir instalações do XP; e que não haverá mais quem o defenda. Há rumores de que bancos e outras instituiçõoes estão pagando à Microsoft para continuarem a receber essas atualizaçõçes, até que consigam migrar para outros sistemas, como os Windows 7 ou 8. Neste momento, 95% dos 210 mil caixas eletrônicos da rede bancária dos EUA usam o que mesmo? Windows XP. Contando software e os serviços envolvidos, cada substituição custa entre US$ 1 mil e US$ 3,5 mil. Existem outros 208 mil caixas instalados em lojas, bares e outros estabelecimentos, mas eles usam Windows CE (Compact Edition). Oficialmente, JP Morgan e Wells Fargo são dois dos bancos que contrataram manutenção do XP com a Microsoft. O Bank Of America foi questionado mas não respondeu nada.